10 formas de desenvolver a sua Inteligência Emocional

Por o 28 Fevereiro 2017

A sua Inteligência Emocional (IE) é definida como a capacidade de reconhecer, compreender e usar as suas emoções para reduzir o stress, criar empatia com os outros, construir relações e reduzir a probabilidade de conflitos. Veja aqui como pode melhorar a sua Inteligência Emocional.

 

S6-BLOG-DPP-680X250

Para aqueles que gostariam de desenvolver o seu bem-estar emocional, aqui ficam 10 formas de melhorar a Inteligência Emocional:

 

1. Observe

Não conseguirá traçar um mapa se não souber onde está. Tire alguns dias – ou semanas – não apenas minutos ou horas, para perceber onde é que se encontra emocionalmente. Isto significa ligar-se a si próprio diversas vezes para perceber o que está a sentir. Depois deste processo, poderá ter uma ideia mais clara do que sente e se há certos comportamentos que o levam a sentir raiva ou tristeza e o que alivia a sua dor ou stress.

 

2. Identifique onde estão as suas emoções

As emoções podem manifestar-se de formas estranhas e todos nós temos de aprender a interpretá-las. Aquele nó no estômago que aparece quando está prestes a chegar ao trabalho? Talvez seja ansiedade. Aquela lágrima no olho quando ouve os seus filhos ou sobrinhos a brincar? Talvez seja felicidade e amor. As emoções expressam-se no nosso corpo de forma diferente, por isso tire algum tempo para escutar o que o seu corpo lhe está a dizer.

 

3. Avalie, não julgue

Não se martirize porque pensa que poderia ser “melhor do que é”. Aceite o facto de que este é o ponto onde o seu caminho começa e planeie a sua estratégia em direção a uma maior inteligência emocional.

 

4. Responsabilize-se pelas suas ações

Este ponto pode ser difícil para algumas pessoas. Quando apanhadas num mau comportamento, a maior parte das pessoas entra num ciclo de desculpas. Reconheça que não pode controlar a forma como os outros se comportam, mas é responsável pelas coisas que diz e faz.

 

5. Responda, não reaja

Como observamos ações ou comportamentos que nos levam a sentir raiva ou tristeza, podemos antecipar a forma como iremos reagir porque conseguimos antecipar a reação. Podemos antecipar o curto-circuito e impedir que haja uma explosão. Planeie e coloque o seu plano em prática quando certas situações surgirem.

 

6. Seja positivo

As coisas no trabalho ou em casa podem parecer estar a complicar-se, mas a verdade é que há muitas coisas boas a acontecer-lhe também. Dedique algum tempo a pensar em tudo o que de bom está a acontecer e alargará a sua palete de emoções retirando o foco apenas das negativas.

 

7. Dê algumas opções a si próprio

Muita da ansiedade e do medo vem do desconhecido. Faça um favor a si mesmo e baixe o nível de stress negativo ao pensar nas situações que o estão a preocupar e imaginando todas as possíveis soluções que lhe ocorram. Ainda que não esteja 100% certo nos seus julgamentos, terá uma melhor ideia do que poderá acontecer e como deverá responder. Rapidamente o desconhecido deixará de o ser e alguma da ansiedade irá dissipar-se.

 

8. Seja empático

Empatia é a capacidade de compreender e partilhar os sentimentos de outros. Requere que consigamos sair dos nossos quadros de referência de forma a ter a perspetiva da outra pessoa. Pode ser complicado e até desagradável se tiver dificuldades em relacionar-se com esses sentimentos, mas ao fazê-lo poderá perceber melhor o seu comportamento.

 

9. Seja tolerante

Tente ir mais longe simplesmente ao reconhecer as ações dos outros através das suas “lentes emocionais”. Uma pessoa inteligente emocionalmente compreende que todos somos heróis na nossa própria história e agimos da forma que pensamos ser a correta. Ao ter isso em consideração, será mais fácil para si discutir uma situação ou um problema.

 

10. Seja emocionalmente honesto

Este é um grande feito para se ter uma elevada inteligência emocional. Ser emocionalmente honesto com outras pessoas pode ser um risco para si uma vez que se expõe mais, mas é nessa vulnerabilidade que o verdadeiro progresso acontece… e se não for emocionalmente honesto, irá sempre sentir impedimentos na criação de fortes relacionamentos que o vão ajudar a melhorar a vida profissional e pessoal.

 


 

Formação sugerida:

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

Wilson Cordeiro Desde 3 anos

Gostaria de ser informado de novas publicações.

Obrigado!

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 2 anos

Obrigada pelo comentário, Wilson Cordeiro. 🙂
Esperamos que continue a acompanhar a nossa partilha de conhecimento aqui no blog de Desenvolvimento Pessoal e Profissional.
Acompanhe também as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter em: https://www.cegoc.pt/newsletter/

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe