A importância do Marketing Pessoal

Por o 8 Setembro 2017

 Investir em marketing num cariz pessoal e profissional é tão importante como é para qualquer outra marca. Pense em si como um produto e aprenda a valorizar os seus pontos fortes, tirando partido dos mesmos de forma estratégica e útil.

 

Marketing Pessoal – A importância para o seu desenvolvimento pessoal e profissional

A importância do Marketing Pessoal

Investir em marketing num cariz pessoal e profissional é tão importante como é para qualquer outra marca. Pense em si como um produto e aprenda a valorizar os seus pontos fortes, tirando partido dos mesmos de forma estratégica e útil. Não se trata de egoísmo, mas sim de – e à semelhança de um plano de marketing desenvolvido para uma marca – trabalhar na forma de maximizar o seu potencial, desenvolvendo as ferramentas necessárias para ter mais sucesso, atingir objetivos e reforçar a sua imagem junto de terceiros.

Num mercado cada vez mais competitivo é essencial saber destacar-se entre tanto candidatos e profissionais, por isso é importante que saiba quais são as suas mais-valias e de que forma as mesmas podem ser úteis a terceiros, sejam eles do seu círculo pessoal de amizades, ou clientes.

Muitas vezes não basta ter talento e competências, é necessário mostrar que os outros saibam que você possui esse talento e competências, reforçando desta forma o seu nível de notoriedade e imagem. Como refere o provérbio “À mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta”, também na questão do marketing pessoal e profissional esta deverá ser a premissa: não basta ser competente ou profissional, tem de parecer competente e profissional – e nesse sentido, o marketing pessoal e profissional são bons aliados.

Como fazê-lo? Siga algumas destes conselhos e prepare a sua imagem pessoal e profissional.

 

5 conselhos para melhorar a imagem pessoal e profissional

1 -Faça uma análise SWOT de si mesmo

De uma forma racional e imparcial, tente analisar as suas fraquezas, forças, ameaças e oportunidades – STRENGTHSWEAKNESSESOPPORTUNITIESTHREATS (SWOT) – e analise de que forma pode limar certos pontos que não se sinta tão confortável e reforçar outros que domine. Por exemplo, pergunte a si mesmo; quais são os seus pontos fortes, qualidades, virtudes ou talentos? E fraquezas, dificuldades e defeitos? Que oportunidades existem de forma a aproveitar essas forças e alcançar os seus objetivos? Que ameaças podem existir que o impeçam de alcançar esses objetivos? Fazer esta análise de forma clara e assertiva, ajudá-lo-á a ter uma perspetiva e visão mais ampla das suas potencialidades.

 

2 – Defina um plano de ação

Se tem um objetivo concreto de onde gostaria de estar em termos pessoais e profissionais, defina metas e objetivos para os concretizar. Estipule prazos e mova esforços para os atingir. Analise aquilo que depende única e exclusivamente de si para atingir essa meta, mas tenha igualmente em conta os fatores externos – alguns dos quais não pode ou consegue controlar. Em função disso, trace um plano de ação bem definido, passo a passo, de forma a ser bem-sucedido.

 

3 – Construa uma diversa rede de contactos

No fundo, construa uma network que lhe permita uma vasta rede de contactos diversos, permitindo-lhe criar relacionamentos e interesse dentro e fora da sua empresa. A maior parte das oportunidades pessoais e profissionais chegam não pela via formal – de anúncios – mas através de contactos que nos recomendam ou falam do assunto. Se a sua imagem for de confiança, seja a título pessoal ou profissional, as pessoas reconhecerão essa sua faceta e característica, recomendando-o ou lembrando-se de si nas mais diversas situações, não tendo receio de arriscar a sua própria reputação para o recomendar. Veja como pode ampliar a sua rede com  as nossas dicas de como utilizar o LinkedIn de forma eficaz.

 

4 – Vista-se para o emprego ou função que gostaria de ter

E não para aquele que tem. Pode parecer uma premissa um pouco fútil, mas o “Dress to Impress” é, sem sombra de dúvida, um lema a ter em conta e aquele que, talvez, mais pode fazer pelo seu marketing pessoal e profissional. Uma imagem polida, limpa, elegante e sofisticada diz muito sobre a pessoa e profissional que clientes e terceiros têm à sua frente. Bastam 5 segundos para provocarmos uma reação e impressão nos outros, impressão essa que dificilmente mudará tendo por base essa análise, por isso esmere-se para que esses 5 segundos façam a diferença a seu favor.

 

5 – Crie empatia

Não há nada mais afável que um sorriso, por isso, seja empático. Não precisa de ser algo forçado, procure agir de uma forma natural e espontânea, onde o seu interior esteja em harmonia com o seu ‘eu exterior’. Cumprimente as pessoas, cultive o hábito do sorriso, partilhe opiniões, procure ser extrovertido, mas sem ser exagerado e seja educado. Verá que estes simples gestos farão muito por uma construção positiva da sua imagem pessoal e profissional. E poderá capitalizar ainda mais esta atitude se acompanhar trabalho árduo por gestos e atitudes empáticas e corretas

 

Com estes conselhos poderá elevar a sua marca pessoal a outro nível, obtendo ganhos nas relações interpessoais com outras pessoas.

Invista no seu marketing pessoal, desenvolvendo as ferramentas necessárias para ter mais sucesso, atingir objetivos e reforçar a sua imagem junto de terceiros.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe