Como começar e estruturar uma apresentação oral

Por o 29 Janeiro 2018

Iniciar uma apresentação oral é o momento mais difícil porque é onde o nosso nível de “medo do palco” está no seu auge. Sob o olhar do público, temos medo de balbuciar, perder o fio do discurso e a atenção do público. Boas notícias, há uma receita eficaz para iniciar uma apresentação em frente a uma audiência: a introdução 6P. O objetivo é fornecer os benchmarks essenciais para conquistar a atenção do seu público, desde o início.

Porquê eu?

A resposta a esta questão torna possível reforçar junto do público a nossa legitimidade enquanto orador. Se a audiência não nos conhece, tranquiliza e dá a garantia de que não irá desperdiçar o seu tempo e que a sua experiência será do interesse de todos.

Se, por outro lado, a audiência já nos conhece, isso permite que nos possamos posicionar de forma a que a intervenção seja o mais efetiva possível face à nossa missão principal. Um bónus extra: também nos dá segurança!

Exemplo: “Enquanto gestor de projeto da implementação da ferramenta…”.

Porquê este assunto?

Esta questão parece trivial. Mas a nossa audiência teve em mente mil outras coisas antes de nos ouvir. A maioria já esqueceu o assunto enviado no e-mail do convite. A menor das cortesias é sermos muitas vezes confrontados com a questão “sobre o que é que ele vai nos vai falar? “.

Exemplo: “Venho apresentar a minha ferramenta de suporte de vendas”

Porquê vocês?

Esta é a questão que atrai o interesse das pessoas reunidas na sala. Quanto mais a audiência sentir que eles são o foco da apresentação, que tudo foi pensado em torno deles e dos seus interesses, mais atenção conseguimos obter da parte deles. Novamente, mesmo que o convite tivesse sido claro, é melhor relembrá-los.

Exemplo: “Vocês, vendedores, vão ver esta aplicação revolucionária a entrar no vosso quotidiano!”.

Porquê agora?

Ouvimos ainda melhor, ao saber que o timing é o ideal. Reforçar na apresentação a coerência de um projeto reforça a atenção da audiência.

Exemplo: Como sabem, esta aplicação estará operacional daqui a 3 semanas, e vou aproveitar a reunião para mostrar…”.

Propósito: qual o objetivo?

Esta é a questão que determina toda a estrutura da apresentação. Esta fase é relevante para ser explícito o que se espera após a apresentação.

Exemplo: “O objetivo da minha intervenção é que, no final, seja possível utilizar as principais funções desta aplicação…”.

Plano: como se vai desenvolver?

O plano facilita a audição e a memorização. Permite anunciar uma primeira vez o que será dito e depois repetido na conclusão. Permite ao público acompanhar a progressão lógica em etapas, em vez de uma única etapa que pode parecer “indigesta”.

Exemplo: “Na primeira parte vou apresentar o interesse por detrás da aplicação, especialmente em termos de economizar tempo em relação à operação atual. Depois, apresentarei as suas principais características e, finalmente, iremos para a parte prática: todos vão poder testar a ferramenta.”

Vamos dar outro exemplo!

Dirijo-me a aos membros do departamento de vendas (vocês), para apresentar o nosso novo produto que impulsionará as vendas em todo o mundo (objeto). Como Diretor de Inovação, estou orgulhoso de apresentar a nossa criação única no mercado! (eu). Agradeço ao seu gestor por me convidar para a convenção anual, uma vez que o nosso produto será lançado no próximo mês (agora). O objetivo da minha apresentação é ajudá-los a promover este produto revolucionário (objetivo) junto das equipas de vendas. Para isso, a minha apresentação será em 3 partes: primeiro a origem do projeto, depois as suas características e finalmente, o benchmark em relação ao mercado (plano).

Notou que a ordem 6P mudou? Cabe a cada um de nós construir a sua fórmula com esses 6 ingredientes. O importante é tudo ser incorporado para que o seu discurso seja fluente.

Conselho final:

Repita várias vezes a sua introdução 6P para que possa dizê-lo e pronunciá-lo com facilidade em menos de um minuto!


Autor: Pia Martin


Deseja saber mais acerca de técnicas de apresentação?

Veja o programa do curso de formação: Técnicas de apresentação.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

Agnaldo Sena Desde 2 anos

Interessante!!!

Já ajudou muito

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 1 ano

Obrigada pelo comentário tão positivo, Agnaldo Sena. 🙂
Esperamos que continue a acompanhar a nossa partilha de conhecimento aqui no blog de Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe