De tentativa em tentativa até ao objetivo final

Por o 12 Março 2018

Quem nunca pensou em desistir de um objetivo? Seja por recear o incerto ou eventuais obstáculos, muitas são as razões que nos levam a mudar de rumo.

 

Mas será possível inverter vontades e fazer deste impulso de desistência uma maneira de alcançar o sucesso? Afinal, não há nenhuma vitória sem que exista uma batalha.

Ser persistente pode ser um desafio, mas, por vezes, é o que basta para conquistar o sucesso.

Para o ajudar a chegar à sua meta temos para si as seguintes cinco sugestões: 

 

1 – Foco

Independentemente do caminho que traçou para conseguir o seu objetivo, é provável que se depare com dificuldades no percurso, resultantes de uma série de variáveis como falta de tempo, dinheiro ou influência social.

É nesta fase que se torna crucial manter o foco. Isto é, visualizar a meta (seja ela, um reconhecimento profissional, uma casa de sonho ou viajar pelo mundo) e relembrar-se do motivo que o levou a entrar nesta batalha.

Vale a pena correr riscos para alcançar o que muito deseja? Reflita e decida. Se a resposta é sim, então continue e descubra a coragem em si que é certamente ainda maior do que imagina.

 

2 – Tempo

Como já referido, é habitual recorrer-se ao motivo “falta de tempo” para se desistir de alcançar algo.

“Muitas pessoas pensam que o culpado é a falta de tempo. Na realidade, o culpado é o facto de abdicarmos da responsabilidade de fazer escolhas”, defende Christine Harvey, na sua obra A motivação com sucesso.

A autora defende que o segredo para ultrapassar este potencial obstáculo está no planeamento da estratégia e na definição de prioridades. Uma maneira de por isto em prática poderá ser através de um cronograma de metas. Estabeleça datas/prazos para cada uma, categorizando as suas ações em curto, médio e longo prazo. Independentemente do seu dia-a-dia, é fundamental que siga sempre o plano.

“Quando concentramos o nosso tempo e a nossa energia numa determinada direção, conseguimos realizar muitas coisas”, defende a autora.

 

3 – Insistência e persistência

Planeie uma estratégia e coloque-a em prática. Se não estiver a dar os resultados que idealizou, tenha consigo um plano B. Pode falhar neste percurso até à sua meta, mas use os erros cometidos como armas para um sucesso ainda maior.

Para conquistar este seu objetivo poderá ter que planear uma estratégia cautelosa associada a um horizonte de longo prazo até obter os primeiros resultados. Persistência e confiança em si e no seu plano são determinantes para continuar o percurso até à meta. Tenha as várias etapas da sua estratégia em mente e não desista.

Aos olhos da autora Christine Harvey, “uma vez que a vida apresenta possibilidades tão variadas, corremos o perigo de nos virarmos para várias direções sem nos concentrarmos, acabando por obter um conjunto de resultados interessantes, mas não produtivos”.

Opte por seguir uma rotina saudável, separando a vida profissional da pessoal. Desligar-se de problemas diários, mesmo que por breves momentos, permite que volte com soluções mais apropriadas.

 

4 – Conhecimento

Para Napoleon Hill, “cometerá uma grande injustiça consigo mesmo se estiver com a sensação de que não precisa de mais conhecimento do que já tem”.

Se alguma vez pensar em desistir por não encontrar nenhuma solução para o seu problema, volte a tentar: certamente não procurou no sítio certo.

“Na verdade, nenhum homem sabe o suficiente sobre qualquer assunto”, acrescenta o autor, na sua obra A lei do sucesso.

Oiça as pessoas mais velhas ou as que já passaram por uma situação semelhante, elas podem ser uma fonte de sabedoria e o empurrão que precisa para continuar.

 

5 – Positivismo

Tudo na vida depende da perspetiva com que se analisa. Encare o seu caminho até ao objetivo com elevado otimismo: vai conseguir, não tenha dúvidas.

Como expõe Napoleon Hill, “o entusiasmo é a mola da alma. Mantenha-o firme e nunca ficará sem poder para conseguir tudo aquilo de que realmente precisa”.

Nem tudo acontece como estava previsto, mas o que não correu bem hoje é sempre parte de uma solução amanhã.

Não deixe que pensamentos ou comentários negativos o derrubem. “Mantenha a atenção firmemente concentrada na construção de um novo caminho e mantenha a mente longe de percursos anteriores para que não tenda para a direção deles”, cita o autor.

 

Caminhar até ao seu objetivo final pode ser agreste, mas o simples caminho em si permite uma aprendizagem valiosa. E, aliado a isto, só saberá os resultados que dele advêm se nunca desistir.

Preparado para tentar novamente?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe