Como controlar situações de conflito?

Por o 14 Janeiro 2019

No nosso dia-a-dia estamos rodeados de várias situações em que podemos entrar em conflito. Seja no trabalho ou na nossa própria casa, é possível que, por uma disputa ou algum mal-entendido qualquer, entremos em situações de discórdia com outra pessoa. E aí começa o conflito.

Podemos resumir este conceito numa explicação bastante simples: situação de desacordo, de incompatibilidade, entre duas pessoas face a um determinado tema. Como em tudo na vida, isto tem efeitos no humor, na autoestima e nos sentimentos das pessoas envolvidas.

 

 

De acordo com um artigo publicado pela Universidade de Tecnologia de Eindhoven, intitulado “Conflito no Trabalho, emoções negativas e Performance”, “as emoções negativas influenciam mais as atitudes e comportamentos do ser humano do que as positivas” No caso, um conflito entre duas pessoas leva a uma quebra no seu humor e há a grande possibilidade de ficarem stressadas e agitadas com a situação (a não ser que sejam donos de um controlo emocional enorme).

O conflito no contexto empresarial

Em contexto laboral, por conseguinte, este súbito stress e mau humor leva a uma maior desmotivação para o trabalho, tirando rendimento ao colaborador. O ambiente começa a ser mais pesado, as pessoas começam a comunicar menos e algumas focam-se inclusivamente em vingar-se das outras, tirando a sua atenção daquilo em que realmente se devem focar.

Assim, é importante que os gestores de uma organização tenham particular atenção a este ponto na sua rotina diária de trabalho.

Fazer com que todos os seus funcionários estejam satisfeitos minimiza o risco de conflito entre eles, o que, por consequência, leva a um maior rendimento da empresa. E rendimento traz lucro.
Mas não vamos exagerar demasiado a situação. De acordo com um artigo escrito para a conhecida revista americana sobre economia Forbes, “o conflito em contexto de trabalho é normal, é impossível de não acontecer”. Basta haver um desacordo quanto a uma opinião de uma opinião para influenciar negativamente o estado de espírito de uma pessoa. É nesse momento que é importante saber como se controlar nestas situações:

O que fazer em situações de conflito?

Entenda que situações de desacordo acontecem. Como já referimos, é impossível estarmos sempre em total sintonia com alguém. Logo, é importante relativizar estas situações e saber passar à frente o conflito.

Reflita sempre se ganhar essa disputa é importante para si ou é só por uma questão de ego.

Deixei os outros exporem o que sentem – por vezes é tudo uma questão de comunicação. O que acontece muitas vezes é que uma das partes não está sequer a ouvir a outra. E, por vezes, essa parte podemos ser nós.

Deixe a outra pessoa explicar-se e tente sempre pôr-se na posição dela antes de reagir.

É importante também perceber que os outros nunca vão ser e fazer aquilo que queremos.
Defina e foque-se no problema – o que está realmente em causa na discussão? É importante que se foque apenas nisso e não comece a puxar outros assuntos que nada têm a ver com o que está a ser discutido no momento.

Caso o faça, o conflito vai crescer como uma bola de neve: sem qualquer justificação. Pense naquilo que começou o problema e comece por resolver essa parte da questão.

Encontre pontos em comum – acima de tudo, perceba onde ambas as partes se encontram e aquilo em que concordam. Isso vai aproxima-los e vão conseguir perceber-se melhor um ao outro.

Novamente, o papel da comunicação é bastante importante para a resolução de conflitos.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Gerir emoções em situações de conflito

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

Célia Lopes Desde 2 anos

Interessam-me muito estes conteúdos.

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 2 anos

Olá, Célia Lopes!

Muito obrigada por acompanhar as nossas novidades aqui no Blog de Desenvolvimento Pessoal e Profissional. 🙂

Resposta
Avatar

Paul Costa Desde 2 anos

Fantástico. Adoro ler o que partilham e tenho sempre o cuidado de partilhar com os colegas na empresa. Além de gostar de ler, nunca sabemos a quem poderá ajudar também.
Grato por este trabalho que fazem.

Cumprimentos,
Paul

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 2 anos

Olá, Paul Costa!
Muito obrigada pelo comentário tão positivo. Ficamos muito contentes com o seu feedback e as partilhas que faz na sua organização e esperamos que continue a acompanhar as nossas novidades aqui no Blog de Desenvolvimento Pessoal e Profissional. 🙂

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe