O teste do espelho

Por o 26 Setembro 2019

Ao longo da vida, e particularmente nos últimos anos, fui e sou várias vezes confrontada com a mesma pergunta sempre que me olho ao espelho: Daqui a 20 anos que pessoa queres ver refletida no espelho? Que alma almejas ter? Como gostarás de ser recordada por amigos, família e colegas de trabalho?

Fazer este exercício é a forma de parar para refletir sobre o modo como vamos trilhando caminhos pessoais e profissionais e que nos obriga a uma análise SWOT individual, posicionando-nos e predispondo-nos a encarar o futuro com maior consciência, humildade e confiança.

 

 

Existem diferentes formas de parar para pensar, mas eu gosto desta em particular, porque nos obriga a ver a nossa imagem e perspetivar os traços físicos que marcarão o nosso corpo, bem como as conquistas e feridas que enobrecerão a nossa alma.

A nossa sociedade atual não para, não reflete, não aprofunda, e vive absorvida por uma imensidão de estímulos diferentes, gazeando o ser humano, toldando os seus sentidos e limitando o seu discernimento.

A falta de discernimento vai “matando” o ser e as sociedades. Parar é hoje, por isso, um dos maiores desafios que se impõe às sociedades, às pessoas e necessariamente às empresas.

Todos sem exceção, mas naturalmente as lideranças, deveriam estimular os seus colaboradores e utilizar estes momentos de paragem para refletirem profundamente e colocarem a mão na cabeça ou no coração dependendo do que sentirem que lhes falta.

 

Encontrar no espelho uma via reflexiva é conceptualmente simples mas, na prática, de difícil concretização!

 

Certa estou de que sem parar é impossível discernir, e sem discernir comprometemos a possibilidade de viver com significado.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Resiliência

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

virginia silveira Desde 1 ano

Boa reflexão. Bom texto.

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe