IA e o início do fim da atividade do formador

Por o 7 Janeiro 2022

Que a IA é o futuro, ou melhor o nosso presente – interagimos sem darmos conta disso e de forma permanente com vários tipos de tecnologia movida a IA – já não restam dúvidas! Mas a possibilidade desta tecnologia acabar por substituir, no domínio da sua atividade os formadores, continua a ser um tema envolto em muita incerteza, dúvida e alguns receios… 

 

Estará a Inteligência Artificial (IA) contra nós? A IA vai acabar por substituir o formador? É esta uma atividade com os dias contados? 

 

 

Antes de avançarmos, é importante caracterizar o tipo de IA da qual estamos a falar. Ora, neste âmbito, falamos de Inteligência Artificial Geral (AGI), ou seja, aquela que simula o raciocínio humano com tanta perfeição, que é capaz de compreender um determinado contexto e desenvolver o seu próprio raciocínio.  

Não me parece difícil compreender o receio provocado pela possibilidade de a IA vir a ser uma alternativa ao formador… Basta lembrar algumas previsões aparentemente “catastróficas”, como a da Gartner, que sugere que mais de um terço dos empregos existentes em todo o mundo poderão ser substituídos por algoritmos, robôs e tecnologia de IA até 2025. 

Porém, na CEGOC acreditamos que o avanço da tecnologia vem tornar decisiva e fundamental a interação humana no que diz respeito ao desenvolvimento de competências. A tecnologia representa uma ferramenta para nós, seres humanos, mas o inverso não é uma verdade. Assim, cabe-nos ajudar a desmistificar a ideia de que a IA vai acabar simplesmente por substituir o formador. Mais do que uma rivalidade, falamos de uma verdadeira simbiose entre humanos e máquinas que vai permitir a transformação da experiência de aprendizagem e a libertação do potencial criativo e inovador humano – já que caberá à tecnologia a realização das tarefas mais burocráticas, repetitivas e mecanizadas (aquelas que SIM poderão vir a desaparecer para darem lugar a outras muito mais dignificantes para o ser humano!). 

Num futuro próximo, a IA vai ajudar os formadores a compreenderem os formandos de forma ainda mais pormenorizada, facilitando assim o seu papel na conceção e desenvolvimento de percursos de aprendizagem verdadeiramente adaptados e “à medida” de cada indivíduo. A IA poderá fornecer recomendações precisas sobre cada formando ou grupo de formandos e libertar o formador de tarefas que não possuem valor acrescentado para a formação. 

 

A IA será especialmente relevante para: 

  1. Compreender necessidades ao nível de desenvolvimento de competências, por exemplo, através da análise textual de especificações; 
  1. Otimizar conteúdos de formação, a IA será capaz de identificar o conteúdo de formação mais apropriado, entre diferentes recursos de aprendizagem, e selecionar a versão mais eficaz para as aprendizagens a efetivar; 
  1. Repensar as metodologias formativas, a IA poderá selecionar conteúdo a partir de um especialista e transformá-lo num recurso de formação, que para o objetivo para o qual foi pensado, não exigirá a intervenção humana. 

 

A IA é assim um enorme acelerador de inovação para a aprendizagem. O seu propósito passa não só por ajudar os formadores a melhorarem o apoio prestado no âmbito dos seus percursos de aprendizagem e desenvolvimento, como também, por ajudar os formandos a aprenderem de forma mais personalizada, interativa e eficaz.  

Será, então, este o início do fim da atividade do formador? Sim… este é o início do fim da atividade do formador, tal como a conhecemos hoje, ainda que a IA não venha substituir o formador, irá alterar consideravelmente a sua atividade! 

 

*Este artigo foi publicado originalmente na ComputerWorld.


Inteligência Artificial & aprendizagem

Conheça os principais avanços da Inteligência Artificial na área de L&D e descubra como está a evoluir a relação simbiótica cada vez mais estreita entre humanos e máquinas, através da combinação das suas diferentes capacidades. Faça download do white paper aqui.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe